online pharmacy canada

Invasão Cultural

invasaocultural_gAPRESENTAÇÃO

Invasão Cultural, iniciativa original da Fundação Cultural Ca&Ba, iniciada em 2001, no município de Dias D’avila, com propósito e proposta de levar ás comunidades distantes dos centros, atrações culturais educativas e de caráter interativo. Entretendo e ao mesmo tempo informando ás comunidades sobre os problemas que aflige a nossa sociedade contemporânea.

OBJETIVOS

Elevar a auto-estima da população colocando a disposição destas atividades culturais de laser e de cunho educativo, com abordagem de temas comuns; promovendo o segmento cultural alternativo, uma vez que esses estarão mostrando em intervenções semanais seus talentos e performances;

META

Invadir, literalmente, com atrações culturais, distritos de Camaçari, incluindo bairros da sede, aos domingos à tarde, promovendo uma ampla integração dos munícipes com os seus artistas.

JUSTIFICATIVAS

Invasão Cultural é um projeto modelo que engloba toda a classe artística de Camaçari e região metropolitana com tentáculos em toda a região. O fato de não contarmos ainda com o reconhecimento dos órgãos públicos oficiais, sem nenhum apoio por parte de empresas do complexo industrial e de serviços, tem dificultado sobremaneira o desenvolvimento do projeto,restringindo as ações ao município de Camaçari. A fim de baratear e de colocar em prática o projeto, os programas iniciais foram montados com a própria estrutura artística da Fundação que conta hoje, com parceiros em todas as regiões do estado. Produtores e diretores de arte que se dispuseram a colocar seus trabalhos em beneficio do projeto
Deste modo, os programas dos meses de abril, maio e junho com foram mantidos com as nossas próprias atrações. O reconhecimento por parte das muitas empresas e da própria comunidade dos bairros e distritos nos levará a um programa amplo e mais participativo, com presenças de todos os promotores e espetáculos montados no nosso município.
O pagamento de cachê artístico aos artistas e promotores do projeto serão levados em conta a partir do segundo semestre de 2005.